25 Coisas que pais dificilmente são orientados a fazer pelas suas filhas, mas que deveriam.

Espingardas não incluídas.

Eu não sou pai, e nunca serei. Mas eu sou uma filha, e possuo dois pais: um biológico, e o outro de criação.

Em 23 anos de vida neste planeta Terra, eu percebi que a relação pai-filha é algo especial. É tão especial que as ações e o amor de pai tem uma grande chance de moldar a personalidade de sua filha.

Inspirada na obra, Roxane Gay's response to a nervous father of a daughter, eu elaborei uma lista de coisas que acredito que todos os pais que possuam filhas deveriam saber para garantir que a sua influência será a melhor possível, pelas minhas experiências pessoais e pela experiência de muitas outras filhas.

Na posição de receptora do amor de pai, eu consigo dizer os segredos que as filhas de pais de meninas recém-nascidos almejam saber. E posso prometer, não é tão assustador quanto você pensa.

1. Saiba que desde o primeiro dia, ela será sempre sua pequenina. Mas você deverá se esforçar para se manter dessa maneira.

2. Não presuma os interesses dela pelo fato de ela ser uma menina. Não lhe aponte apenas flores e bonecas. Mostre também os carros e LEGO´s.

3. Deixe que ela ajude com as coisas de casa ou até com o seu trabalho. Ela irá crescer se sentirá confiante em ocupar um lugar no mercado de trabalho, independente do emprego.

4. Trate a mãe dela de maneira igual, nunca com inferioridade, e ela um dia vai esperar o mesmo.

5. Mostre a ela seu lado sensível. Ela verá que sendo sensível também, isso não a torna fraca.

6. Tenha jogos ou piadas internas, apenas entre os dois. Acredite, ela vai lembrar delas para sempre.

7. Encoraje-a fazer coisas das quais ela tem medo, pois você estará sempre na retaguarda.

8. Faça promessas, mas depois as cumpra. A única mágoa na vida dela deverá vir daqueles que não sabem o quão especial ela é.

9. Mostre a ela as habilidades que você conhece bem.

10. Peça a ela que lhe mostre as habilidades que ela conheça melhor do que você.

11. Se esforce para entender os interesses dela, mesmo quando não conseguir entende-los. Você irá ensiná-la que independente do talento que ela possua – seja ballet, arte ou lutar com meninos – eles importam.

12.  Isso é especialmente verdade se os interesses dela forem mais femininos. Ensine-a que os interesses dela são tão importantes quanto, independente de quais sejam.

13. Se você não falaria para um filho, não fale para sua filha.

14. Quando ela lhe procurar para resolver um problema, não ignore ou mande-a falar com a mãe. Preste atenção no que ela tem a dizer. Ela voltará.

15. Não fale sobre a mudança de corpo ou interesse sexual dela com desgosto. Você só estará ensinando que ela deverá ter vergonha disso.

16. Não fale sobre o corpo de outras mulheres de maneira objetivada ou pejorativa. Ela estará prestando atenção e examinando o próprio corpo também.

17. Fale sobre mulheres fortes na frente dela e não apenas dos homens fortes e ela irá aspirar ser uma delas um dia, sabendo que tem uma chance.

18. Dialogue o relacionamento com a mãe na presença dela. Ela vai perceber que as mulheres merecem ter voz em um relacionamento e irá procurar alguém que a dê valor.

19. Não faça piadas em relação a ter uma espingarda em casa quando os rapazes vierem visitar. Você só estará ensinando que não confia no julgamento dela.

20. Defenda os injustiçados e oprimidos. Acredite no oprimido quando ele afirmar ser oprimido. Você mostrará a ela compaixão e que não há nada de efeminado ou inferior em fazer a coisa certa.

21. Se você der um bom exemplo, não precisará espantar os maus rapazes. Ela mesma irá preferir coisa melhor.

22. Se existir um mau rapaz no grupo, certifique-se de estar por perto se perceber que ela pode ser magoada. Há grandes chances disso se concretizar. Esteja disponível para que ela possa te procurar e não voltar para o rapaz.

23. Fale para ela que a única pessoa responsável pelo que acontece com o corpo dela, é ela mesma.

24. Elogie-a, e a mãe dela, frequentemente.

25. Diga a ela que você a ama. Mande mensagem sobre um jogo. Faça ela saber que não importa o que aconteça, você sempre estará ali para ela.

(Na foto acima: jogador da NBA Chris Paul com a filha Camryn.)

Foto de coutesy: Stacy Allen & Meg McClung, www.mountainsidephotoco.com.